#Club&Casa Home – Inspiração hygge em apartamento amplo e luminoso

A felicidade propiciada pelo conforto e pelo acervo familiar paira sobre este inspirado projeto.

Fotos: Gustavo Awad/Divulgação

Os dinamarqueses são tidos como um dos povos mais felizes do mundo, segundo o ranking do World Happiness Report, elaborado pela Organização das Nações Unidas (ONU). E boa parte desse privilégio se deve pelo seu próprio conceito de hygge, que envolve, entre outros, a felicidade trazida pelo conforto e pelo bem-estar das pequenas coisas da vida, como receber os amigos ou ler um bom livro. Essa ideia norteou o projeto da arquiteta Simone Tasca, que criou espaços guiados pelas formas simples, elementos que remetem à memória afetiva do casal proprietário e suas filhas, além, é claro, pelo próprio aconchego. Para isso, ela também buscou a integração, com a derrubada de quase todas as paredes do espaço social. No living, o tapete estampado (by Kamy), uma das novas peças adotadas para prover conforto, remete à taiga siberiana (by Kamy). A profissional reaproveitou quase toda a mobília, mas fez uma nova disposição para aproximar as pessoas.

Todos os cantos objetivam a convivência ou simplesmente o relaxamento. As obras de arte, que já pertenciam aos proprietários, e o toque verde, como no vaso sobre a mesinha, estão presentes. A iluminação, simples e objetiva, inclui trilhos com focos direcionáveis.

A área do jantar está repleta de referências familiares, por meio da prateleira com fotos, livros
e objetos decorativos. A mesa de madeira, para seis comensais, tem ao seu lado uma cadeira
de ares vintage, com almofada bem fofinha.

Ampla e prática, a cozinha é separada do jantar pela bancada do cooktop. O móvel de madeira e vidro, um dos favoritos da proprietária, convive harmoniosamente com o refrigerador de inox e com a prateleira para utensílios. Uma parede de cobogós separa a área de serviço.

A união de dois quartos resultou na suíte do casal. A cama conta com uma cabeceira acolchoada e luminárias de aspecto industrial.

A antiga escrivaninha recebeu pátina dourada e ganhou vida nova como uma charmosa
penteadeira. O toque contemporâneo é dado pela cadeira transparente.

O banheiro da suíte teve a parede revestida com azulejos brancos, a modo de tijolinhos.
As louças brancas e simples foram inspiradas nos pequenos hotéis europeus.

SIMONE TASCA
Instagram: @simonetascaarquitetura

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *