#Club&Casa Home – Área social integrada aposta no requinte e conforto

União de espaços, tons neutros e o conforto da madeira protagonizam este projeto no bairro José Menino, em Santos.

Texto Giulia Esposito    Fotos Ricardo Teixeira/ Divulgação

A união entre conforto, estética e funcionalidade era premissa básica na projeção dos 87 m² deste apartamento onde vive uma mulher solteira. Partindo para um conceito aberto, a arquiteta Beatriz Correia integrou estar, jantar, terraço e cozinha e abusou de uma paleta de tons frios e sóbrios, com destaque para o cinza que harmoniza com o azul marinho, garantindo sofisticação. Para aquecer e aconchegar os espaços, ela tirou proveito das madeiras e dos tons amadeirados do mobiliário. Estes, aliás, foram eleitos levando em consideração os dois gatos da proprietária, também habitantes do lar.

Na sala de estar, a base neutra, de tonalidade cinza – formada por piso de porcelanato que imita cimento queimado (Santo Linho) e painel ripado, na parede da TV – exalta a imponência do sofá de medidas generosas, a suavidade do tapete e o charme das mesinhas laterais sobrepostas, do designer Paulo Sartori. Anexa, a sala de jantar recebeu, sobre a mesa de refeições, o trio de pendentes com globo de vidro, que, duplicado pelo espelho, garante leveza ao ambiente e fluidez à integração. 

Um pequeno balcão entre a cozinha e a sala de jantar dá apoio aos dois ambientes,
cumprindo também a função de aparador. Assim, buscou-se unir a estética
à funcionalidade: tudo é prático, com boa circulação e ao alcance das mãos.

Ambientada como um espaço para relaxar e apreciar a vista, a varanda tem
fechamento envidraçado, mesa de refeições (Housemaxx) com tampo
de vidro, uma confortável poltrona de leitura com banqueta para
os pés e uma charmosa dupla de mesinhas laterais que servem de apoio.

A moradora desejava uma ambientação clean, com presença marcante do cinza e,
em contraposição, pinceladas de cor. Assim, o piso de porcelanato com estética
de cimento queimado continuou a servir como base, na cozinha, para receber
o tom azul de parte da marcenaria. Os armários suspensos, que alternam
acabamentos branco e amadeirado, acompanham toda a extensão da bancada
de trabalho e possibilitam organizar uma infinidade de utensílios.

Para armazenar os diversos acessórios da moradora, o banheiro
recebeu um grande armário superior com portas espelhadas,
além de dois compartimentos, sob a bancada, com portas
basculantes. Tijolinhos brancos (Revestimentta) ocupam a
parede da pia e do vaso, estendendo-se até a área do box.

Beatriz Correia

(13) 99122-6776

@arquitetabeacorreia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *